.

.

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Explicações - Deuteronômio 7: 22, 25, 26


Esta é uma das raras vezes em que observamos Deus dar algum tipo de explicação para as suas ordens. Para nós isso é muito difícil. É  mais fácil obedecer quando sabemos o porquê de alguma lei. Acontece que algumas explicações são impossíveis! Fora do nosso alcance!  Imagine, no passado remoto, Deus explicando os riscos do sexo com animais. Ninguém sabia nada sobre bactéria, sobre a origem das infecções, deformações genéticas, alterações celulares, vermes.  E com respeito às complicações sociais? Como explicar que uma prática aparentemente inócua hoje pode se tornar nefasta a longo prazo para a sociedade?  Como explicar que uma coisa que aparentemente não me faz mal poderia causar deformidade nos fetos? Como explicar os perigos de uma bomba que talvez só seria detonada em 50 anos?

Não, ou o homem obedece ou morre. E temos morrido.

Essa rápida explicação, de Deuteronômio 7, serve apenas para exemplificar que  na verdade tudo tem um motivo, só que raramente ele está ao nosso alcance.

"...Mas vocês não irão destruí-los todos de uma vez; se fizessem isso, o número dos animais selvagens aumentaria, e eles seriam um grande perigo... Queimem todas as imagens dos deuses desses povos. Não cobicem a prata e o ouro que estão nas imagens, nem fiquem com eles, pois isso seria uma armadilha mortal para vocês. Para o Senhor, nosso Deus, adorar ídolos é uma coisa nojenta. 26  Não levem nenhum ídolo para dentro de suas casas, pois a maldição que está sobre o ídolo estará também sobre vocês. Detestem e odeiem com todo o coração os ídolos, pois o ídolo é uma coisa amaldiçoada."



Nenhum comentário:

Postar um comentário