.

.

domingo, 5 de junho de 2016

Coisas "desnecessárias "

"Um certo credor tinha dois devedores: um devia-lhe quinhentos dinheiros, e outro cinqüenta. E, não tendo eles com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Dize, pois, qual deles o amará mais?  E Simão, respondendo, disse: Tenho para mim que é aquele a quem mais perdoou. E ele lhe disse: Julgaste bem.  E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta regou-me os pés com lágrimas, e os enxugou com os cabelos de sua cabeça.  Não me deste ósculo, mas esta, desde que entrou, não tem cessado de me beijar os pés. Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta ungiu-me os pés com ungüento. Por isso te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama." Lucas 7:41...

Quantas vezes criticamos duramente as pessoas que "fazem sacrifícios desnecessários , dos quais Deus não precisa".  Mas quem somos nós para pesar o valor de um ato de adoração?   Nesse texto vemos pessoas achando desnecessário lavar os pés de Jesus com lágrimas.  Da mesma forma muitos acharam desnecessário aquela outra mulher derramar perfume nos pés de Jesus. Acontece que quem não ama acha todos os pequenos atos de amor uma.grande tolice. Quem não está apaixonado acha muito bobo o namoro dos apaixonados. Mas ao mesmo tempo ficam ao longe com inveja de não estarem vivendo aquelas bobagens deliciosas.

O que Deus olha é o amor e cada um expressa sua devoção , gratidão e amor de um modo bem próprio.  Quantas vezes não entendemos algumas pessoas que rotulamos como "fanáticos"  só porque jamais nos convertemos como eles; jamais fomos tocados pelo mesmo sentimento de devoção que não sabe bem nem  como se expressar. E quantas vezes Jesus poderia nos olhar e dizer a mesma coisa: "você nunca me deu uma prova de amor devocional tão profunda como a dele, mas fica aí criticando!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário