.

.

sábado, 7 de maio de 2016

Uma obra completa




Veio sobre mim a mão do SENHOR, e ele me fez sair no Espírito do SENHOR, e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos.  E me fez passar em volta deles; e eis que eram mui numerosos sobre a face do vale, e eis que estavam sequíssimos.  E me disse: Filho do homem, porventura viverão estes ossos? E eu disse: Senhor DEUS, tu o sabes.  Então me disse: Profetiza sobre estes ossos, e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor.  Assim diz o Senhor DEUS a estes ossos: Eis que farei entrar em vós o espírito, e vivereis.  E porei nervos sobre vós e farei crescer carne sobre vós, e sobre vós estenderei pele, e porei em vós o espírito, e vivereis, e sabereis que eu sou o Senhor.  Então profetizei como se me deu ordem. E houve um ruído, enquanto eu profetizava; e eis que se fez um rebuliço, e os ossos se achegaram, cada osso ao seu osso.  E olhei, e eis que vieram nervos sobre eles, e cresceu a carne, e estendeu-se a pele sobre eles por cima; mas não havia neles espírito.  E ele me disse: Profetiza ao espírito, profetiza, ó filho do homem, e dize ao espírito: Assim diz o Senhor DEUS: Vem dos quatro ventos, ó espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam.    Ezequiel 37:1-9

Quantas igrejas cheias de gente - um exército enorme! - mas sem vida. E quantos pastores satisfeitíssimos em contemplar aquela multidão inerte!   "E olhei, e eis que vieram nervos sobre eles, e cresceu a carne, e estendeu-se a pele sobre eles por cima; mas não havia neles espírito..."

Às vezes passamos anos pedindo a Deus um milagre na vida de alguém que amamos. Quantas vezes o milagre acontece! Pedimos bênçãos materiais, benção de cura, e ele nos ouve. Mas como estamos errados quando achamos que a obra de Deus já está completa e pode parar por aí. Como estamos errados quando vemos os milagres materiais mas esquecemos que falta o espírito para dar vida. Enquanto a obra de Deus não estiver completa na vida uma pessoa não devemos parar de orar por ela. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário