.

.

domingo, 17 de abril de 2016

Disciplina & Liberdade



 Há uma música do Legião Urbana que diz que "disciplina é liberdade". Verdade. 

Jesus disse que "se o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres".

Quando pensamos em LIBERTAÇÃO, geralmente nossa mente é capturada para as coisas espirituais e misteriosas.  Libertação espiritual seria tão somente ficar livre de espíritos maus. Somos tolos quando pensamos que nosso maior inimigo está do lado de fora. Nosso maior inimigo não é o diabo: somos nós mesmos. De forma que se o meu espírito é prisioneiro de maus hábitos, tenho que me preocupar mais com o "meu espírito mau" do que com o diabo.

É um grande erro imaginar que ter liberdade é estar livre da disciplina. O que ocorre é exatamente o contrário: a falta de disciplina nos escraviza. O indisciplinado se limita a sonhar e desejar, mas está amarrado a maus hábitos e incapacitado de alcançar qualquer coisa. Liberdade começa com disciplina.
  
Voltemos: Jesus disse que se ele nos libertasse, seríamos verdadeiramente livres. Então tenho certeza de que parte da obra de Deus em minha vida tem a ver com me ensinar a ter disciplina pois não existe liberdade sem isso. Um exemplo:   Jesus disse que a verdade liberta. Isso implica em que para sermos livres através do conhecimento da verdade precisamos ter disciplina para encontrar tempo de ler, de pesquisar, de se informar, de refletir, de buscar a Deus. Se não temos disciplina nem para meditar nas palavras de Cristo e refletirmos em nossos próprios atos, como esperamos que a verdade nos liberte? 

Devo relacionar disciplina também com auto controle, auto determinação. É quando eu digo a mim mesma o que eu quero alcançar e tenho consciência do que fazer para chegar ao alvo. Aí então tenho poder sobre mim mesma para caminhar naquela direção e  atingir meu objetivo.  Isso é também obra de Deus em mim.  Em Gálatas 5 vemos que o domínio próprio é uma das provas de que o Espírito de Deus está agindo em mim. É um fruto do Espírito.

Consagração a Deus é disciplina, não uma mágica que nos atinge quando alguém ora colocando as mãos em nossa cabeça.

Hoje em dia consagração e disciplina estão sendo relacionadas com religiosidade. Infelizmente essas duas virtudes cristãs estão sendo desprezadas mesmo tendo sido tão valorizadas pela palavra de Deus.  Os servos mais usados por Deus na Bíblia foram pessoas disciplinadas. 

Sem disciplina ninguém chega a lugar nenhum nem na vida secular nem na vida espiritual. 

Repetindo:  DISCIPLINA é DOMÍNIO PRÓPRIO e esse é um fruto do Espírito.  

"Fruto do Espírito" é o termo que se dá a evidência de que meu ser está sendo dirigido e profundamente influenciado pelo Espírito Santo de Deus.


Nenhum comentário:

Postar um comentário